Covid-19: teremos o ano mais triste de nossas vidas.

Variantes agressivas estão destruindo famílias no Brasil. Saiba como proteger a sua.

No início de 2020, quando os jornais começaram a falar sobre uma "pneumonia misteriosa" que avançava em algumas partes da China, eu estava visitando a minha terra natal no Nordeste. Lembro de falar para meus avós “ainda bem que está do outro lado do mundo”.

Quando retornei para São Paulo, uma moça estava usando máscara no avião, e eu pensei comigo mesma “agora o povo deu pra inventar moda só porque tá tendo uma pneumonia na China”. Mal sabia eu que o nosso país se tornaria o epicentro de uma pandemia em 2021.

Eu demorei muito para realmente acreditar na pandemia. Eu achava que a Covid-19 era uma doença simples, que a gente pegava, adquiria imunidade e pronto, ficava tudo bem. Quando vi as estatísticas de mortes aumentando e aumentando, o medo começou a bater na minha porta, mas não podia imaginar que tudo iria piorar tanto.

Brasil bate novo recorde de óbitos em 24 horas, com 4.249.

Eu sinto que quando a gente vê os números, não parecem reais, parecem apenas números. A dor começa mesmo quando damos nomes a eles. E hoje doeu em mim.

Ao navegar pelas redes sociais, me deparei com um vídeo que me trouxe dor e reflexão, tanto que que me vi na necessidade de escrever esse texto para o nosso jornal. O vídeo era sobre uma linda família.

Essa família foi formada há 50 anos atrás, quando dois jovens de 22 anos se uniram em matrimônio, dando à luz a uma filha e um filho. Em sinal de respeito, não citarei aqui seus nomes reais, usarei nomes fictícios.

Seu João, de 72 anos, foi o primeiro a sentir os primeiros sintomas de Covid, no dia 28 de fevereiro de 2021. Ele chegou a ser internado, mas faleceu no 9 de março, e 2 dias depois toda a família testou positivo. Dona Ana, também de 72 anos, faleceu 8 dias depois, e em seguida a filha do casal, Maria, de 47 anos. A Covid também levou Paulo, o filho mais novo, de 45 anos. 4 pessoas da mesma família foram levadas pela Covid em um período de 30 dias. Maria deixou 3 filhos e Paulo 4. Uma família inteira destruída.

Quando a gente entende que o nosso bem maior é a vida, outras questões acabam ficando menores, e a busca por maior proteção ganha a importância que merece, e é por isso resolvi trazer esse relato para alertar nossos leitores. De acordo com especialistas, a hora de investir em máscaras da mais alta qualidade chegou, pois essa é a única forma de evitar que histórias como essa se repitam.

Há 3 variantes de coronavírus altamente transmissíveis e agressivas circulando pelo Brasil, e a vacinação continua andando a passos de tartaruga. Enquanto isso, os profissionais de saúde pública imploram para que o governo federal incentive o uso de máscaras de grau médico pela população, mas o governo não faz nada.

Países europeus como França, Alemanha e Áustria já proibiram o uso de máscaras caseiras, tendo em vista que elas não oferecem a proteção necessária contra as novas variantes. Por lá, agora é exigido o uso de máscaras profissionais KN95, pois elas apresentam grande capacidade de vedação, ampla filtragem mecânica e eletrostática, máxima eficiência e proteção ao usuário, e ainda são reutilizáveis.

Confira a seguir uma comparação entre as máscaras caseiras, cirúrgicas e a KN95:

MÁSCARAS CASEIRAS

 

  • X Não obedecem a um padrão de confecção e não são regularizadas por nenhum órgão de segurança.
  • X Não são classificadas como equipamento de proteção individual (EPI) e foram proibidas em vários países.
  • X Protegem os outros se você estiver infectado, mas não te protege de partículas contaminadas.

MÁSCARAS CIRÚRGICAS

 

  • X Não ficam completamente presas ao rosto, deixando o ar entrar sem nenhum tipo de filtro. Assim, a pessoa pode inalar o vírus, caso ele esteja no ambiente.
  • X São descartáveis e precisam ser substituídas a cada 4 horas, gerando mais gastos e produzindo mais lixo contaminado.

MÁSCARAS PROFISSIONAIS (KN95)

 

  • ✓ É a que tem melhor capacidade de vedação.
  • ✓ Protege não apenas os outros, mas também você, de partículas contaminadas.
  • ✓ Tem capacidade de filtrar de 94% a 95% das partículas, inclusive as de aerossóis, que são as mais difíceis de filtrar.

Em tempos de tanta dificuldade e incerteza, não dê chance para a covid-19. Se puder, fique em casa! Mas se precisar sair, use máscara KN95 e esteja mais protegido.

ONDE ENCONTRO A MÁSCARA KN95 ORIGINAL?

AO compromisso do Portal Saúde é levar sempre o melhor para os nossos leitores, pensando nisso, realizamos uma pesquisa de mercado para encontrar um fornecedor de máscaras KN95 com o melhor custo-benefício no Brasil.

Por meio da pesquisa, percebemos que há várias falsificações no mercado, principalmente em lojas físicas.

Mas não se preocupe, pois encontramos o site oficial de vendas de um dos principais fornecedores das máscaras KN95 do Brasil (acesse clicando aqui).

O consumidor que efetuar a compra através desse site oficial terá a tranquilidade de saber que está adquirindo um produto original e certificado.

Entramos em contato com esse fornecedor em busca de uma parceria em forma de desconto para os leitores do Portal Saúde e conseguimos!

Para aproveitar essa promoção exclusiva de 50% de desconto e Frete Grátis, é muito simples: clique na imagem abaixo ou neste LINK ESPECIAL, assim o desconto vai ser aplicado automaticamente.

Comentários